fbpx

Estudo mostra que problemas auditivos podem alterar o paladar

problemas-auditivos-podem-afetar-o-paladar

Visão, audição, paladar, tato e olfato. Esses são os cinco sentidos que permitem que os seres humanos interajam com o mundo externo.

Todas essas capacidades atuam em conjunto e estão relacionadas entre si.

Um exemplo disso é a ligação entre paladar e audição. A princípio pode parecer estranho, mas acredite: o sistema auditivo humano pode interferir no sabor dos alimentos ingeridos.

É o que aponta uma série de pesquisas para estudar a ligação entre cirurgias no ouvido e problemas auditivos com alterações no paladar.

Conhecer como funciona o corpo humano é fundamental para compreender os resultados das pesquisas.

Mas como?

Para reconhecer os sabores – amargo, doce, salgado e ácido – o cérebro recebe informações sobre o alimento.

Existe um nervo, chamado corda do tímpano, que conecta o ouvido médio com as papilas gustativas.

Essas últimas, são as responsáveis por identificar o sabor e enviar a informação ao cérebro.

Logo, paladar e audição estão interligados e quando alguma doença ou infecção acomete o ouvido pode ter reflexos ao saborear os alimentos.

Distúrbio do sabor após cirurgia no ouvido médio

A pesquisa examinou as funções gustativas de 163 orelhas de 156 pacientes que passaram por intervenção cirúrgica na orelha média.

As doenças foram classificadas em não inflamatórias (como perfuração pós-traumática e otosclerose), otite média crônica e colesteatoma.

Os testes foram realizados dois dias antes, duas semanas e seis meses após o procedimento. Foi constatado que a corda do tímpano é frequentemente danificada durante os procedimentos cirúrgicos na orelha média e que a maioria dos pacientes sofreram alterações no paladar.

No entanto, os reflexos do paladar não recebiam a devida atenção porque os médicos consideravam a melhora da audição mais importante na recuperação do paciente.

alteracao-no-paladar

Recuperação do paladar após cirurgia

A recuperação do paladar após a cirurgia no ouvido sofre forte influência da idade.

Pacientes idosos têm mais dificuldade em recuperar as funções do paladar do que os pacientes jovens e adultos. É importante ressaltar que a capacidade gustativa tende a diminuir naturalmente com o envelhecimento.

Outro fator que interferiu nos resultados foi o tipo da doença.

Os pacientes identificados com doenças não inflamatórias se recuperaram mais lentamente do que os pacientes com otite crônica e colesteatoma.

Dores no ouvido

A capacidade do paladar também pode ser prejudicada por causa de dores no ouvido. Isso acontece porque a dor de ouvido ou otite média causa inchaço na região e interfere no funcionamento da corda do tímpano.

A otite média é um problema auditivo causado por vírus e bactérias que provocam inflamações no canal auditivo.

Geralmente acontece após períodos de gripes, resfriados e infecções na garganta ou sistema respiratório. Se não for tratada corretamente pode causar perda de audição.

As alterações no paladar causadas pela dor de ouvido são mais comuns em crianças, já que elas estão mais propícias a adquirir infecções.

Compartilhe conhecimento! S2

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Dra. Regina Soares

Idealizada pela CEO Dra. Regina Soares, a Clínica ReVitali, é uma empresa especializada em promover saúde e qualidade de vida, por uma equipe de profissionais experientes em diversas áreas, tornando-se um atendimento personalizado e de excelência aos seus pacientes.

Post Recentes
Categorias