fbpx

Como os hormônios podem interferir na audição?

hormonios-audicao

O ouvido é um órgão extremamente sensível, e é através dele que acontece a tradução e transmissão de sons para o cérebro.

Entretanto, o que pouca gente sabe é que os ouvidos também podem ser influenciados pelos hormônios, principalmente em mulheres.

A mulher atravessa algumas fases da vida caracterizadas por uma diminuição, aumento ou pico temporário de hormônios como os períodos de tensão pré-menstrual (TPM), gravidez e menopausa.

Essas mudanças hormonais têm o poder de alterar a bioquímica do ouvido interno ou das vias auditivas femininas, e muitas mulheres acabam apresentando sintomas sem mesmo se darem conta de tal relação.

Sintomas

Em geral, os hormônios com maior potencial de afetar o funcionamento dos ouvidos são os da tireoide, os masculinos (testosterona) e os femininos (progesterona e estrógeno).

Os sintomas que podem estar diretamente ligados à alteração hormonal são: zumbido, tontura, sensação de ouvidos tampados, perda auditiva e hipersensibilidade, ou seja, quando a mulher passa a se incomodar com sons do dia a dia que não incomodam a grande maioria das pessoas.

Em 90% das vezes, o zumbido está relacionado com alguma agressão sofrida pelos ouvidos, seja um barulho, idade, uso de medicamentos errados ou pelas alterações hormonais.

Então, quando recebemos uma paciente se queixando de zumbido, é preciso investigar quais fatores podem estar agredindo os ouvidos dela.

menopausa-audicao

Estresse

É muito difícil estabelecer uma ligação entre o aparecimento dos sintomas auditivos e uma possível mudança hormonal.

Quando a mulher percebe que os sinais se intensificam com a TPM ou o zumbido apareceu durante a gravidez, ela deve procurar ajuda para regular os hormônios e interromper o incômodo.

Entretanto, a grande questão é que muitas mulheres que têm alterações hormonais que interferem no funcionamento dos ouvidos apresentam a tendência de relacionar esses sintomas com o estresse, que também é uma causa muito comum para o aparecimento dos mesmos sinais.

Atualmente, mulheres assumem diversas funções ao longo do dia, se sentem sobrecarregadas e acabam fazendo a relação entre o estresse e os sintomas de forma intuitiva.

Tratamento

O tratamento dos sintomas causados pelas alterações hormonais é feito a partir da regulagem desses hormônios. Depois do diagnóstico, feito com exames de sangue, o idela é existir uma parceria entre um otorrinolaringologista com um endocrinologista, ginecologista ou clínico geral.

Aliviando os sintomas

Existem algumas dicas que podem ajudar mulheres a reduzir os sintomas e, consequentemente, promover uma melhora na sua qualidade de vida. São eles:

  • Evitar a automedicação, pois certos remédios podem agredir os ouvidos;
  • Aliviar o estresse com atividades e práticas relaxantes;
  • Diminuir o tempo de celular em contato direto com o ouvido, pois a radiação eletromagnética pode ser prejudicial;
  • Incorporar mais momentos prazerosos no dia a dia para restaurar a função dos órgãos.

Compartilhe conhecimento! S2

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp

Dra. Regina Soares

Idealizada pela CEO Dra. Regina Soares, a Clínica ReVitali, é uma empresa especializada em promover saúde e qualidade de vida, por uma equipe de profissionais experientes em diversas áreas, tornando-se um atendimento personalizado e de excelência aos seus pacientes.

Post Recentes
Categorias